5 jogadores da free agency que encaixariam nos Panthers

0

Se quisermos vencer a divisão pela terceira vez seguida e fazer uma declaração de que somos os reis da NFC South, teremos que nos reforçar, principalmente o ataque. Na temporada passada, tivemos problemas com a proteção para o passe, poucos alvos para o Cam Newton e ainda sofremos com a secundária – principalmente no começo da temporada. Para resolvermos esses problemas, separei alguns jogadores que ajudariam na tarefa de sermos os primeiros tricampeões da história de nossa divisão.

Wide Receivers

Cecil Shorts III

cecil-shorts-iii
Shorts poderia ajudar consideravelmente ao Cam Newton e é um jogador que se encaixaria na política do Dave Gettleman – não estamos mais fazendo compras na Dollar Store, mas ainda não estamos comprando na Tiffany. Os Jaguars tiveram 3 WR’s rookies que jogaram bem nessa temporada – Allen Robinson, Marqise Lee e Allen Hurns – e que devem continuar a ser os principais alvos de Blake Bortles em Jacksonville.

Shorts na temporada de 2012 teve 979 jardas e 7 TD’s recebidos, em 2013 teve bons números também com 777 jardas 3 TD’s. O desempenho caiu nesta temporada por conta do número de WR’s participativos em 2014, mas ainda assim teve mais de 500 jardas recebidas e com números bem próximos do Jerricho Cotchery, considerado WR2 dos Panthers e com dois 2 jogos a menos do que Cotchery.

Randall Cobb

randall-cobb

Acredito que desta lista, seja o mais improvável de vir para os Panthers, os Packers estão realmente interessados em renovar o contrato dele. Durante a temporada passada, Cobb terminou com 1,287 jardas e 12 touchdowns em 91 recepções. Aos 24 anos, Cobb ainda tem muito futebol para mostrar e ainda com uma possibilidade de crescimento, seria um Wide Receiver que viria para doutrinar as defesas adversárias junto com Kelvin Benjamin durante anos.

Cobb é um receiver de todos os tipos. Ele pode bater o adversário em rotas longas mas também tem habilidade de fazer jogadas no meio. Green Bay chegou a usá-lo até como running back em algumas situações. É um WR muito produtivo e polivalente.

Ted Ginn Jr

ted ginn
Ted Ginn não precisa nem entrar no ataque, ele sendo o retornador oficial do time já será de grande ajuda. Com Philly Brown e Brenton Bersin tivemos mais prejuízos retornando do que lucros, exceto por aquele TD retornado do Philly Brown que deve ser considerado o TD retornado mais sortudo da história. Não me entendam mal, eu gosto tanto do Philly Brown quanto do Brenton Bersin como WR’s, mas que fiquem como WR. Brenton Bersin quase entregou o jogo contra Arizona nos playoffs e isso é o tipo de erro que não pode acontecer. O retorno de Ted Ginn seria comemorado por todos em Carolina.

Safety

Rodney McLeod

rodney mcleod
Rodney McLeod foi sólido nas duas temporadas passadas depois de ter sido selecionado como undrafted. Depois de fazer apenas 571 mil dólares no ano passado, deve querer um aumento significativo, mas é um jogador jovem que se encaixaria bem na nossa secundária e já temos que começar a contar que Roman Harper está ficando velho e não deve aguentar mais muitas temporadas. Mesmo querendo o aumento, não ficaria surpreso se Dave Gettleman investivesse nele. Além do mais, seria bom ter um hard hitter na secundária.

Offensive Tackle

Bryan Bulaga

bryan bulaga
Acredito que seja uma unanimidade entre os torcedores dos Panthers que a posição que precisamos de maior reforço é sem dúvida na OT. Byron Bell teve uma péssima temporada e não teve o contrato renovado. Nos Mock’s Draft’s, é quase impossível se ver algum que não seja um OT na nossa primeira rodada, inclusive aqui no do blog. Dave Gettleman já deixou claro que ele vai draftar o melhor jogador disponível no momento e as pessoas podem até achar que ele é maluco, mas ele vai fazer assim mesmo. Eu sinceramente, não queria que arriscássemos passar mais um ano com um Left Tackle ruim.

Bryan Bulaga não é nenhum Jordan Gross da vida, mas com certeza é muito melhor do que Byron Bell e acredito que mesmo draftando um OT na primeira rodada, seria bom o rookie jogar de Right Tackle primeiro para se acostumar com a liga.

Compartilhe

Sobre o Autor

Fã de Carolina Panthers desde 2011, Felipe é programador e se aventura como Running Back nas peladas tentando incorporar o espírito de Jonathan Stewart, mas o máximo que consegue é ser um Trent Richardson. Twitter: @lipevieira

Comente