A primeira vitória no NFC Championship Game

0

Com o NFC Championship Game se aproximando, decidimos escrever acerca do mesmo jogo só que na temporada de 2003, quando jogamos contra os Eagles em Filadélfia, objetivando o tão sonhado Super Bowl. Naquele ponto era apenas a segunda vez que a nossa franquia chegava na final da conferência, após sermos batidos em 1996 pelos Packers em Green Bay. E nós teríamos a vingança perfeita, já que Green Bay jogava contra Philadelphia e caso ganhasse, a Home Advantage seria nossa contra o time que nos bateu. Tudo se desenhava para isso, já que Green Bay ganhava a partida até próximo do final da partida e os Eagles enfrentaram uma quarta descida para 26 jardas, naquele ponto, a torcida em Charlotte já deveria estar enlouquecida pois iriam sediar o NFCCG pela primeira vez na história. Mas não foi isso que aconteceu, os Eagles converteram essa quarta descida improvável em uma das jogadas mais improváveis da história da NFL. Os Eagles ganharam a partida na prorrogação, e com isso, a Home Advantage foi para o espaço.

Então foi definido, Carolina Panthers x Philadelphia Eagles pelo NFC Championship Game da temporada de 2003, no Lincoln Financial Field, em Filadélfia, no dia 18 de janeiro de 2004. Acerca desse jogo, o que preocupava os jogadores não era apenas a viagem em si. Entre outros fatores preocupantes, os Panthers tinham perdido para os Eagles em casa 2 meses antes, além disso, Filadélfia era considerado um dos locais mais hostis da NFL, para se ter idéia, torcedores dos Panthers que compareceram ao estádio relataram que foram atingidos por bolas de neve, cerveja, além de serem constantemente ofendidos. Baseados nessa inospitalidade, muitos jogadores proibiram a ida de familiares nessa viagem.

Mas o que pairava na cabeça dos jogadores não eram apenas preocupações. O time vinha de um jogo contra os Rams, que é considerado por muitos o jogo mais insano dos Panthers na história, no qual ganhou por 29-23, jogando duas prorrogações. Esse jogo deixou os jogadores devastados fisicamente, mas em compensação com a moral lá em cima. E assim, confiantes, eles iriam para o jogo frente aos Eagles.

Chegou o domingo tão esperado, na hora do chute inicial os termômetros na Filadélfia marcavam 1ºC com a sensação térmica de -5ºC. Segundo alguns especialistas, foi uma das performances defensivas mais dominantes da  história dos Panthers. O primeiro quarto do jogo foi morno, terminando no 0-0, com nenhum dos ataques conseguindo muita coisa. Porém, na primeira campanha do segundo quarto, após cerca de 5 minutos, o primeiro touchdown da partida veio num clássico lançamento do Jake Delhomme, um balão, enquanto estava sendo pressionado para Muhsin Muhammad duplamente marcado, que soube atacar melhor a bola, para ficar com a recepção e garantir o primeiro TD dos Panthers.

Momento do Passe do Jake e Recepção de Muhammad

Momento do Passe do Jake e Recepção de Muhammad

Após o TD, Donovan McNabb (QB do Eagles), foi amedrontado pela defesa da franquia de Charlotte, onde estava sendo frequentemente pressionado e levando fortes hits do intenso pass rush. Em um desses hits, McNabb tenta escapar de Mike Ruckers, se desequilibra e quando vai indo ao chão é atingido legalmente pelo LB Greg Favors, já que não tinha encostado no chão e a partir daquele momento não foi mais o mesmo QB. O mesmo disse posteriormente que “Doía para respirar, não tinha condições de tentar corridas naquela partida”.

Lance que possivelmente causou a lesão.

Lance que possivelmente causou a lesão.

Donovan permanecia na partida, mas apresentava claramente sinais de lesão na costela decorrente das pancadas, tanto que o DT Brentson Buckner informa aos companheiros na sideline “o número 5 está machucado, vamos continuar chegando nele e é assim que vamos ganhar o jogo!”. Assim, naquele quarto, a defesa contabilizou 3 sacks e 1 INT (a primeira do rookie CB Ricky Manning), cedendo apenas um FG, além de tudo isso eliminou a ameaça de corrida do Donovan McNabb e garantindo a vitória parcial no intervalo por 7-3.

Mesmo machucado, o QB dos Eagles retorna para o jogo e forçando passes para alvos que estavam bem cobertos, não deixou outra alternativa para a nossa defesa que não fosse mais uma INT do CB Ricky Manning. Na campanha seguinte com posse dos Eagles, mais uma vez um passe forçado para o WR James Thrash que leva um hit do S Mike Minter e deixa a bola no ar para uma INT fácil do CB Ricky Manning, contabilizando a terceira do dia.

Ricky Manning comemorando seu dia brilhante!

Ricky Manning comemorando seu dia inesquecível!

Após tantos erros do ataque de Philadelphia, o ataque dos Panthers, improdutivo naquele dia, não poderia deixar barato. Assim, aproveitaram o momentum e anotaram o TD, numa belíssima corrida de Deshaun Foster, talvez a corrida de 1 jarda mais importante dos Panthers, que pode ser vista nesse post.

TD de DeShaun Foster.

TD de DeShaun Foster.

Com o placar 14-3 e um QB machucado que não conseguia resolver, Andy Reid(HC do Eagles), optou por retirar Donovan Mcnabb da partida, finalizando os números impressionantes da nossa defesa, que limitou ele a 10/22 para 100 jardas com 3 INT e 4 sacks. Com o QB reserva Koy Detmer, também não conseguiram muita coisa, com um festival de passes incompletos, 1 INT e 1 sack. E assim encerrou uma performance histórica da defesa, que tinha sido prevista pelo CB calouro Manning no início daquela semana, quando ele disse numa entrevista que não respeitava os WR dos Eagles e que sua defesa iria dominar, foi considerado um erro de calouro naquele momento, mas que no final da partida foi comprovado como apenas uma confiante previsão para o 14-3 como resultado final.

John Fox com a taça do NFC Championship e Jerry Richardson comemorando.

John Fox com a taça do NFC Championship e Jerry Richardson comemorando.

Assim, os Panthers conquistaram seu primeiro NFC Championship e foram ao seu primeiro Super Bowl. E isso tudo ocorreu fora dos nossos domínios. Em Charlotte, a história deve se repetir nesse domingo, quando sediaremos o primeiro NFC Championship Game. E este que vos escreve está tão confiante como aquele Cornerback calouro e espera o nosso primeiro NFC Championship na nossa casa, o segundo da história. Para que, com isso, seja possível a tão sonhada conquista do Super Bowl.

O vídeo com os melhores momentos da partida podem ser vistos aqui.

#PlayForME
#KeepPounding

Compartilhe

Sobre o Autor

Estudante de Engenharia Civil, se tornou fã dos Panthers a partir da temporada de 2011, após se impressionar com as atuações do então calouro Cam Newton, o que levou a paixão pela franquia de Carolina.

Comente