A salvação para a secundária está no roster?

0

leonard-johnson

O estado da secundária do nosso time está tão crítica que um nickelback que estava machucado por 7 meses, devido a um rompimento no tendão de aquiles, é visto como uma possível salvação em meio de tanta tragédia.

Leonard Johnson, formado pelo Tampa Bay teve seu primeiro treino com o uniforme dos Panthers na quinta-feira passada. E, de certa forma, despertou os olhares da mídia e de seus próprios companheiros.

Greg Olsen disse a mesma coisa: ‘Leonard, você vai conseguir. Você precisa acender o time.” Respondeu Johnson. “E eu estou, ‘Nossa, todo mundo está dizendo que eu consigo. (…) Então, eu vou vir e jogar meu jogo e tenho esperanças que vai ser o suficiente para voltar a acender o time”

Johnson tem sido um pouco misterioso desde que chegou ao time. Ele assinou com a franquia pelo meio de julho enquanto a maioria dos treinadores ainda estavam nas férias. E desde de o primeiro dia de training camp ele está fora de campo com a equipe de treinadores se recuperando do tendão de aquiles.

Ainda não sabemos se Johnson jogará contra Arizona pela semana 8, pois essa foi sua primeira semana treinando. Os Panthers terão duas semanas para decidir se vão ou não adicioná-lo ao roster ativo.

 Um passo positivo:

Rivera disse que os treinadores irão avaliar Johnson na próxima semana antes de tomar alguma decisão. Em entrevista, Rivera disse: “É ótimo ver Leonard treinando. Ele mostrou ser como esperávamos. Nós fizemos algumas coisas para botar em jogo sua resistência, e ele se saiu muito bem. Nós achamos que ele pode nos ajudar muito”

Johnson jogou por três anos por Tampa Bay. Ele participou de 48 jogos sendo 17 como titular, anotando 5 interceptações e 20 passes desviados. O CB passou a maior parte da temporada passada com o tornozelo machucado, até ser dispensado. Ele terminou a temporada com os Patriots e jogou em 3 semanas por lá.

Em fevereiro desse ano, Johnson foi cortado por New England. Um mês depois ele veio a Charlotte para uma operação no tendão de aquiles. Johnson contou a sua mãe após a cirurgia que seria ótimo ficar por Charlotte um tempo e jogar pelos Panthers. Alguns meses depois, os Panthers ligaram para ele.

“Me sinto em casa agora… Estava me sentindo um sem teto após a cirurgia. E ai, recebi uma ligação.” Leonard disse. “Sou muito grato.”

A procura da estabilidade:

Os Panthers procuram por estabilidade na posição de cornerback após a saída de Josh Norman e Bene Benwikere e as contusão do Bradberry e Robert McClain.

Muitos jogadores – incluindo Jon Beason, ex LB dos Panthers – precisaram mais de 1 ano, depois de uma cirurgia no tendão de aquiles, para ganhar sua confiança, sua explosão e resistência. Porém, Leonard Johnson diz que ele está 100% preparado.

“Eu não jogo como tímido, não jogo com medo. Eu tive o melhor especialista do mundo para me ajudar. O doutor me disse que não sabia como eu joguei com a contusão durante 4 anos. Então se eu joguei com aquela contusão por 4 anos, eu posso fazer melhor sem contusão.” Disse Johnson.

Ninguém está esperando que Johnson salve a temporada. No entanto, adicionar um jogador com esse entusiasmo e energia não machuca ninguém.

“Temos que juntar os pedaços que faltam e todas as peças do quebra-cabeça vão se juntar.”

#KeepPounding

Compartilhe

Sobre o Autor

Fã do Carolina Panthers desde 2011, João Marcelo começou a se aventurar no mundo de matérias dos Panthers em 2014 onde criou um blog exclusivo dos Panthers. Tem como ídolo Luke Kuechly e espera que ele vire o próximo Ray Lewis.

Comente