Bruce DeHaven, coordenador de Special Teams se afasta para tratar câncer

0

Bruce-DeHavenO coordenador de Special Teams, Bruce DeHaven, anunciou nessa semana sua saída do cargo. O treinador decidiu se afastar para tratar de um câncer.

DeHaven foi diagnosticado com câncer de próstata em 2015. Ele chegou a se afastar do cargo após descobrir que o câncer havia se espalhado para suas costas e que ele teria apenas mais três a cinco anos de vida.

O treinador retornou a equipe antes mesmo da temporada regular e ocupou o cargo até a partida da offseason contra o Baltimore Ravens. “Ele sentiu que agora era uma oportunidade de transição, de tanto que os nossos jogadores de special teams estavam preocupados, então por isso seria o momento certo”, disse Ron Rivera. “Ele não queria ser uma distração. Ele quis ir silenciosamente com a intenção de voltar no outono.”

Os special teams foram muito bem na temporada passada, com destaque para o K Graham Gano que bateu o recorde de field goals da franquia e a eleição como melhor jogador de special teams do mês de novembro.

thomas-mcgaugheyO coach, que ocupava o cargo desde 2013, dá lugar agora a Thomas McGaughey, que foi promovido. McGaughey foi contrato em fevereiro desse ano como coordenador assistente de special teams após sua passagem pelo San Francisco 49ers.

Em 2015, como coordenador de ST, os 49ers ocuparam o segundo lugar na liga com quatro field goals bloqueados e oitavo lugar na cobertura punt, permitindo uma média de apenas 6,4 jardas por retorno. Além dos 49ers, ele também passou pelos Chiefs, Broncos e Giants.

“Ele chegou na hora certa e é muito capaz”, comentou o S Colin Jones sobre novo coach.

Compartilhe

Sobre o Autor

Torcedor fanático dos Panthers e estudante de Análises Clínicas nas horas vagas, se apaixonou pelo time após assistir as fantásticas exibições de Cam Newton e Luke Kuechly. WR de pelada, sonha em ser como Steve Smith, mas dropa mais que Ted Ginn.

Comente