Cam Newton exalta linha ofensiva após vitória do Panthers: “Fizeram um trabalho incrível”

2

kalil-newtonDepois de o Carolina Panthers ser derrotado para o DenverBroncos por 21-20, na reedição da final do Super Bowl 50, um dos assuntos mais comentados (depois do pífio field goal de Graham Gano) foi a força excessiva dos defensores dos Potros sob Cam Newton. Na ocasião, as zebras não marcaram sequer faltas, nos golpes desproporcionais de Darian Stewart e Brandon Marshall em cima do quarterback.

Neste domingo (18), o jogo diante do San Francisco 49ers tinha a expectativa de ver o desempenho da linha ofensiva do Panthers e se as zebras arbitrariam as jogadas em cima de Cam, como em qualquer outro quarterback da liga. Os números da partida dizem por si só que toda a preocupação foi a atoa: vitória de Carolina por 46 a 27, 4 touchdowns para Newton, além de 353 jardas, apenas um sack sofrido e apenas 4 hits durante o jogo inteiro, empatando com o recorde de menos hits sofridos na sua carreira.

“Nossa linha ofensiva fez um trabalho incrível, segurando firme e sendo robusta na frente”, exaltou Cam Newton. O quarterback superou na partida dois recordes de Jake Delhomme pela franquia: Passes para TD (122) e jogos para mais de 300 jardas (12). “É isso aí. E ao longo do caminho, obviamente, você não pode ganhar jogos de futebol sem marcar pontos”, disse o quarterback com um sorriso no rosto.

Um dos líderes da equipe, o center Ryan Kalil foi peça importante na construção da vitória do Panthers. O veterano exaltou a atuação dos companheiros de linha ofensiva, acreditando ter feito um bom trabalho de proteção para Cam Newton.

“Nós sempre tentamos fazer o nosso melhor para protegê-lo. É uma coisa difícil de fazer neste campeonato. Estamos enfrentando realmente boas linhas defensivas. Eu penso que fizemos um bom trabalho, identificamos a maioria das blitz e pressões e, em seguida, vencemos nossas batalhas no mano a mano”, disse Kalil.

Se Cam Newton se esquivou de responder perguntas sobre as jogadas de capacete com capacete e protocolo de concussão, o running back Fozzy Whittaker elogiou a proteção dada ao seu quarterback. “Isso é positivo para sua longevidade. E não apenas para esta temporada, mas sua vida no longo prazo”, destacou Whittaker.

Compartilhe

Sobre o Autor

Virou torcedor do Panthers após ver uma atuação espetacular de Cam Newton contra New England em 2013. A cada temporada me apaixono mais por essa franquia e espero um dia, vê-la campeã do Super Bowl.

2 Comentários

  1. Cara, não conhecia o site, mas tem posts bastante interessantes, continuem firmes pois os torcedores do Panthers no Brasil precisa de mais informações, as vezes somos meio esquecidos! Que venha o superbowl 51 pra charlotte #GOPANTHERS

Comente