[HISTÓRIA] – Chris Gamble, um Panther

0

A temporada 2015-2016 da NFL já está chegando em sua metade e, com ela, alguns times permanecem invictos, como o Carolina Panthers. Essa equipe tem se destacado por possuir uma defesa sólida, com jogadores brilhantes. Entre eles estão Davis, Kuechly e, para a surpresa de muitos, não nossa, Josh Norman, um jogador desconhecido pela grande mídia e que joga em uma posição que já teve grandes atletas no time de Charlotte. Um desse gênios merece ser lembrado por possuir verdadeira identificação com o time da Carolina do Norte, seu nome é Chris Gamble.

Dia 11 de Março de 1983, na cidade de Fort Lauderdale, no estado da Flórida, nascia Chris Lee Gamble. Demonstrando talento desde garoto, jogou pela Nova High School, porém em 2000 se transferiu para Dillard High School, onde terminou o Ensino Médio e foi recrutado por Ohio State.

osu-psu-470

Gamble atuando por Ohio State.

Em Ohio, jogou como Cornerback, Wide Receiver e nos special teams, ganhando o título de 2002, temporada em que Ohio State conseguiu uma campanha de 14-0. Nesse ano ele teve 4 interceptações e um touchdown na defesa; 31 recepções para 699 jardas no ataque e uma média de 8,4 jardas por retorno em punts e 23 em kicks. Mostrando ser um jogador completo.

Chris resolveu se inscrever no draft após sua temporada de junior, quando teve 3 interceptações e números mais discretos nas outras categorias. Recebeu o 1st Team All-Big Ten Honor e o 3rd Team All-America para cornerbacks.

Terminando a carreira universitária, foi selecionado pelo Carolina Panthers no draft de 2004, na escolha número 28 do primeiro round, sendo o quarto CB selecionado nesse evento.

Já no Carolina Panthers, Chris Gamble foi o primeiro rookie defensivo a jogar todos os 16 jogos como titular, tendo 6 interceptações, número que permitiu que fosse o terceiro colocado em interceptações na NFL naquele ano. Em 2005 foi o líder em interceptações da equipe novamente, porém dessa vez com 7.

images

Em 2013 decidiu encerrar sua carreira e conseguiu somar, nesses anos, 508 tackles, 80 passes defendidos, 27 interceptações, 2 touchdowns e 4 fumbles forçados, isso em 123 jogos, num total de 9 temporadas. Encerrando a carreira como o jogador que mais interceptou (27) com a camisa do Panthers e o que teve o segundo maior número nessa estatística (7) em uma mesma temporada.

Gamble teve números muito expressivos durante toda a carreira, o que já seria algo suficiente para transformá-lo em ídolo, porém, no final de sua carreira, teve uma atitude que realmente marcou os torcedores mais apaixonados: ao ser dispensado, em março de 2013, esse brilhante jogador decidiu encerrar sua carreira, ao invés de ter procurado outro time, sendo assim um jogador exclusivo do Carolina Panthers.

Compartilhe

Sobre o Autor

Torcedor dos Panthers desde 2011 quando conheceu o Futebol Americano. Começou jogando nas Praias de Vila Velha-ES, hoje está em um projeto no time Ituiutaba Javalis do interior de Minas Gerais. Joga com a #59 por um motivo: LUUUUKE.

Comente