Dave Gettleman e os dados analíticos

1

dados-analiticos-nflTodos nós sabemos da importância da análise de dados analíticos na MLB, assista Moneyball se não souber do que eu estou falando, mas na NFL, isso sempre isso foi visto com olhares diferentes.

Recentemente, o Browns contratou o GM Paul DePodesta, um dos principais analistas da MLB que inclusive é um dos personagens do filme citado acima. Mas Dave Gettleman pode estar fazendo isso há muito mais tempo que imaginamos.

Muitos torcedores odiaram as escolhas dos CB’s James Bradberry e Daryl Worley na segunda e terceira rodada respectivamente, mas segundo um analista analítico, a história não é bem assim.

Antes de explicar o motivo disso, é preciso explicar como funciona o sistema desse analista. Existe um sistema já reconhecido e muito utilizado até mesmo por universidades para recrutar jogadores chamado SPARQ. O SPARQ analisa o quão atlético determinado jogador é depois de uma série de exercícios, o problema é que o SPARQ deixa de analisar outros aspectos vitais para um jogador de futebol americano ser bem sucedido, como por exemplo, o tamanho, envergadura, tamanho da mão e outras medidas. Isso faz com que jogadores baixos ou que não tenham as medidas ideais se destacassem simplesmente por serem atléticos e ágeis dentro do SPARQ, mas nem sempre isso se traduz dentro de campo. Outro buraco do SPARQ é que jogadores que tivessem o corpo perfeito para o futebol americano e que não fossem tão atléticos assim ficassem ranqueados apenas como comuns.

Percebendo a falha no sistema, esse analista resolveu criar um novo sistema chamado de TFREAK, que analisa jogadores que possuem o corpo ideal para ser um jogador de futebol americano. Para termos um jogador perfeito são necessários três fatores principais: HABILIDADE + CORPO IDEAL + ATLETICISMO.

É praticamente impossível avaliar a habilidade de um jogador apenas por estatísticas. O jogador pode ser extremamente talentoso mas pode estar sendo usado de uma forma de forma errada. Pegue o exemplo do CB Nnamdi Asomugha que jogou muito no Raiders porque jogava em um sistema PRESS que beneficiava o seu jogo, mas quando virou free agent e foi para o Eagles, parecia que ele tinha desaprendido a jogar, mas a verdade é que ele não encaixava no sistema do Eagles que era por ZONA. Posto isso, chegamos na conclusão que HABILIDADE depende de fatores que só podem serem vistos por olhos humanos. Ou seja, não podemos analisar simplesmente por números frios.

O que nos leva aos outros dois fatores citados anteriormente: CORPO IDEAL + ATLETICISMO. Esses dois fatores podem sim serem analisados por números frios. E foi isso que esse analista fez. Ele juntou a fórmula do SPARQ(atleticismo) + TFREAK(corpo ideal) que resoltou na fórmula SLAYTICS.

Como a SLAYTICS(SLA para os íntimos) é usada?

A SLAYTICS tem papel importantíssimo para identificar RED FLAGS e jogadores que podem se tornar elite. Claro que o principal fator para escolher um jogador no Draft deve ser o que você vê no tape, mas a SLAYTICS pode te ajudar a escolher entre dois jogadores que você está em dúvida.

Agora que vem a parte interessante, a quantidade de acerto dessa ferramenta é impressionante. Ela divide um jogador em 3 cores:

  • AZUL – potencial para ser elite
  • VERDE – de ótimo a regular
  • VERMELHO – de ruim a péssimo

Apenas 4 jogadores no atual elenco do Panthers se encaixaram como AZUL: Cam Newton, Luke Kuechly, Greg Olsen e Thomas Davis, além de Josh Norman que saiu recentemente do time. Acho que todos concordamos que os cinco jogadores viraram elite, certo?

Alguns exemplos de quarterbacks listados como VERMELHO: Case Keenum, Matt Flynn, Chase Daniel, Chad Henne, Colt McCoy e David Carr. Você gostaria de algum QB desses no seu time?

Claro que existem exceções, mas as chances de um jogador azul é infinitamente superior de dar certo do que um vermelho.

Agora depois de tudo isso, você deve estar se perguntando: “Tem algum jogador azul nesse Draft que foi selecionado pelo Panthers? SIM! E não só um, como dois! Fomos o único time a draftar dois jogadores azuis. Quem são eles? Bradberry e Worley.

Além dos dois CBs, todos os outros jogadores draftados pelo Panthers estão listados como verde. O DT Vernon Butler foi listado como o melhor Defensive Tackle da classe, o TE Beau Sandland, draftado na sétima rodada, está listado como o segundo melhor TE de toda classe. Isso mostra como o Gettleman pode estar um sistema parecido, se não for o mesmo! O único jogador que destoa um pouco é o CB Zack Sánchez que apesar de ser listado como verde, não está em posição alta, mas isso se deve a uma falha que considero no sistema, CB que joga no outside não é o mesmo que joga no nickel, são posições muito diferentes e todos nós sabemos que Zack Sánchez irá jogar no nickel, talvez se tivesse uma forma de separar essas posições no sistema, Sánchez ranquearia mais alto.

Muitos criticaram a escolha de Gettleman pela escolha dos dois CBs pelo fato deles estarem listados bem abaixo em diversos boards de outros analistas de Draft. Mas a única board que importa é a do Gettleman, ninguém deveria ligar para isso depois do Mr. G. já ter demonstrado que sabe como draftar. Precisamos de jogadores que se encaixem no nosso sistema, não adianta ter o Mackensie Alexander jogando em um sistema por zona como é o do Panthers, será o mesmo caso de Asomugha. O Alexander até pode ser um melhor jogador que Worley e Bradberry, mas ele não é um melhor jogador para o Panthers, e no final é isso que importa.

Ninguém entende as necessidades do time melhor que o Ron Rivera e Dave Gettleman. Deixem que ranqueiem o nosso Draft como C-, D+ e C. Os cães ladram e a caravana passa.

Estudo completo do Draft do Slaytics pode ser visto aqui.

Compartilhe

Sobre o Autor

Fã de Carolina Panthers desde 2011, Felipe é programador e se aventura como Running Back nas peladas tentando incorporar o espírito de Jonathan Stewart, mas o máximo que consegue é ser um Trent Richardson. Twitter: @lipevieira

1 Comentário

  1. Post sensacional! Na hora, as escolhas preocuparam muito, mas agora depois da explicação dessa análise fica mais fácil confiar no Gettleman e no potencial dos garotos! Hahaha

Comente