Devin Funchess mais confiante em sua segunda temporada.

0

funchess-e-cam-newton

Nosso QB, Cam Newton, não estava se entendendo em campo com o WR Devin Funchess no training camp do ano passado, até que então, os dois saíram para um rolê no McDonalds. Funchess desde pequeno onde ele morava em Detroit, tem problemas em confiar nas pessoas. Ele diz que as pessoas têm que merecer sua confiança.

Newton disse a Funchess que ele não estava ali pra tentar ser seu inimigo, e que ele (Funchess) deveria confiar no Cam. Então, eles pararam no drive-thru, Newton pediu um Parfait (Sobremesa com sorvetes e frutas) e Funchess uma torta de maçã antes de retornarem a Wofford, onde é realizado o Training Camp.

Funchess disse “Isso foi o que aconteceu, e depois disso eu fiz o que ele me falou.”

Funchess hoje está curtindo um ótimo training camp em seu segundo ano após um final de temporada sensacional.

“Estou mais confortável. Eu só quero fazer mais.” Funchess disse. “Eu quero ser mais participativo e ajudar meus companheiros, tenho certeza que vamos estar sempre fazendo belas jogadas e sempre conquistando a vitória.”

Funchess teve seus momentos em uma parte do treinamento jogando seu capacete no chão após um drill de 1vs1 na red zone. Ele não fez uma rota boa no lance e o passe acabou sendo incompleto.

Ele disse que não foi frustração porque ele sabe que pode ser mais consistente e mais disciplinado.

“Ele se tornou um jovem profissional excelente e entende o que tem que fazer para ter sucesso.” Ron Rivera disse. “E quando ele não faz as coisas certas ele se cobra muito, eu estou muito feliz em ver um amadurecimento que ele está passando.”

Com a falta do Kelvin Benjamin ano passado, Funchess ficou encarregado de várias rotas de WR1 de Benjamin. Esse ano com a volta do Kelvin, ele está encarregado de várias rotas incluindo as de slot receiver.

Mesmo com Benjamin, Rivera antecipou que Newton não vai só mirar no Benjamin esse ano. O plano para um dos melhores ataques é ter mais de um alvo no jogo.

Devin Funchess e seu companheiro de posição Ted Ginn Jr, falaram sobre não serem egoístas se o sucesso do ataque se repetir.

“Eu vou pegar as minhas, eu prefiro me preocupar em ganhar do que quantas bolas eu vou pegar no jogo.” disse Funchess. “Eu estou jogando para meus companheiros. Nem que eu tenha que atrair dois DBs comigo igual eu fiz hoje, não tem problema, eu não sou egoísta.”

Compartilhe

Sobre o Autor

Fã do Carolina Panthers desde 2011, João Marcelo começou a se aventurar no mundo de matérias dos Panthers em 2014 onde criou um blog exclusivo dos Panthers. Tem como ídolo Luke Kuechly e espera que ele vire o próximo Ray Lewis.

Comente