Fim de training camp; confira como cada jogador do ataque atuou

0

Acabou o Training Camp! Hora de fazer a mala e sair do calor insuportável de Spartanburg e voltar para Charlotte, agora cada um em suas respectivas casas.

Vamos começar pelo ataque. A defesa fica para a parte 2.

Ataque

QB Cam Newton – No início do camp, Cam Newton disse que tinha um objetivo no training camp: Não ser interceptado por Luke Kuechly ou Thomas Davis. Bem, o objetivo não foi concluído com sucesso. Luke Kuechly conseguiu interceptá-lo essa semana em um drill de 9vs9. Mas foi a única interceptação da dupla no QB titular. Apesar de ter sido interceptado apenas nos últimos treinos do training camp, Newton foi evoluindo dia após dia. Estará pronto para a temporada regular.

RB Jonathan Stewart – Stewart não teve um training camp de destaque, mas a ideia era justamente essa. Stewart foi poupado de muitas repetições para começar novinho em folha pra temporada regular.

RB Cameron Artis-Payne – Talvez a melhor evolução no grupo de RBs seja de CAP. Na proteção de passe, a sua melhora foi exponencial. CAP está sendo trabalhado para substituir J-Stew, se isso vai acontecer, depende muito dessa temporada.

RB Fozzy Whittaker – Apesar do Ron Rivera falar em entrevista que o Fozzy vem evoluindo, não podemos ver essa evolução nos treinos. Bom reserva e com características diferentes dos outros três RBs, mas não vejo muito lugar para crescimento.

RB Brandon Wegher – O queridinho da pre-season passada teve mais repetições que no training camp passado. Teve algumas jogadas que chamaram atenção, mas foram poucas. Veremos nos jogos de pré-temporada.

RB Jalen Simmons – O único RB que chegou nessa temporada. Simmons teve bons momentos, assim como Wegher teve na temporada passada, mas acho que não fez o suficiente. Talvez para um Practice Squad, visto que o sucessor de Stewart ainda não está claramente definido.

WR Kelvin Benjamin – *Suspiros* Que saudade d’ocê Kelvin! KB ainda não está na sua melhor forma física, mas deve alcançar a forma ideal até o final dos jogos de pré-temporada. Fez um ótimo training camp.

WR Devin Funchess – Funchess é candidato ao melhor jogador do training camp. Ele foi tão bem que inclusive colocou em cheque se o KB13 será o WR1 do time, mesmo com KB fazendo um ótimo training camp. Bem, eu não vou reclamar disso não.

WR Ted Ginn – Ted Ginn foi Ted Ginn. Nada excepcional, mas ainda será fundamental para o time nessa temporada.

WR Philly Brown – Com certeza o camp do Philly foi melhor do que em 2015. Philly vem se afirmando como um WR de suma importância pro time, mesmo muitos não ligando muito pra ele.

WR Damiere Byrd – Byrd teve um dos melhores camps e entrou de vez na briga por uma vaga no roster. Cam Newton chegou a afirmar que Byrd quando confiante é um dos melhores WRs do time.

WR Brenton Bersin – Bersin é um dos WRs que muitos odeiam, muito por conta dos seus retornos pífios de punt e kickoff, mas quando se trata de slot receiver, Bersin é uma opção muito boa a se considerar.

No vídeo de cima, vemos Bersin trabalhando em uma rota que passa na frente dos linebackers. WRs odeiam esse tipo de rota pois tomam porrada de jogadores muito mais fortes que Cornerbacks e Bersin fez a recepção e segurou firme mesmo com a paulada.

WR Stephen Hill – Hill começou o Training camp lá em cima, mas o seu joelho não estava preparado para a alta intensidade do TC. E a parte triste é que talvez ele nunca fique preparado.

WR Keyarris Garrett – Garrett começou o training camp da pior forma possível, mas nos últimos dias ele cresceu e fez bons treinos. Tarde demais? Se quiser uma vaga no roster, terá que se destacar nos últimos jogos da pré-temporada.

TE Greg Olsen – Olsen não conseguiu treinar nos últimos dois treinos, mas nada que preocupe.

TE Ed Dickson – Dickson ainda será o TE2 na temporada. Fez bons treinos e não deve ter dúvidas quanto a isso. Acredito que no ano que vem, os novatos devem evoluir a ponto de tornar Dickson dispensável do elenco.

TE Beau Sandland – Sandland teve poucas repetições no training camp, mas aproveitou.

TE Scott Simonson – Simonson teve um bom training camp e após passar um ano no practice squad mostrou evolução e irá brigar por vaga no roster.

TE Braxton Deaver – O undrafted do ataque que mais impressionou. Deaver que é nativo de Charlotte irá brigar com o draftado Beau Sandland e Simonson por uma vaga.

TE Marcus Lucas – Lucas impressionou com a quantidade de massa magra que ganhou na offseason, mas foi só. Ficou abaixo dos outros TEs.

OT Michael Oher – De contrato renovado, Oher ainda é o OT mais confiável que temos no elenco. Fez um TC sólido.

OT Mike Remmers – Todo mundo chora ao lembrar de Remmers no SB50. Mas Remmers fez um bom TC mostrando evolução e se mantendo na frente do OT Daryl Williams, mais do que eu imaginava.

OT Daryl WIlliams – Williams evoluiu, mas não tanto quanto se esperava dele. Williams sofreu no primeiro snap no jogo contra Baltimore cedendo um sack para um speed rusher, mas depois disso, fez um jogo ok como LT.

OT David Foucault – O que esse cara tá fazendo aqui ainda? Sério.

OT Jordan Rigsbee – Nada demais, mas ainda assim foi melhor que o filósofo francês acima.

OG Trai Turner – Dave Gettleman, pelo amor de Deus, pague esse cara quando chegar o tempo de renovar contrato. Turner é dominante demais e é empolgante saber que ele só tem 23 anos. Turner será nosso Guard titular pelos próximos 10 anos facilmente.

OG Andrew Norwell – Norwell não é tão dominante quanto Turner, mas é muito bom também. Ter uma dupla de guards tão bons assim é um luxo para poucos times na liga.

OG Reese Dismukes – Dismukes teve altos e baixos no Training Camp e quando se trata de OL, isso não é bom. Em questão de talento, perdemos qualidade no reserva da temporada passada para essa.

OG Chris Scott – Outro jogador que não tem muito espaço para crescimento. Não espere nada diferente do que já viu dele.

OG David Yankey – Pouco se ouviu falar de Yankey no Training Camp. Yankey deve brigar com Dismukes por uma última vaga no roster ou practice squad.

C Ryan Kalil – Training camps para jogadores veteranos como Kalil, não tem muito o que falar. Kalil continuará a ser um dos melhores Centers da NFL.

C Gino Gradkowski – Lembra no ano passado quando reclamávamos do Fernando Velasco? Então, Gradkowski é um Velasco branco. Éramos injustos com Velasco e seremos com Gradkowski, mas quando se tem Ryan Kalil como titular, basicamente qualquer outro que substituí-lo não irá bem aos nossos olhos.

Compartilhe

Sobre o Autor

Fã de Carolina Panthers desde 2011, Felipe é programador e se aventura como Running Back nas peladas tentando incorporar o espírito de Jonathan Stewart, mas o máximo que consegue é ser um Trent Richardson. Twitter: @lipevieira

Comente