Free Agency: Ataque

0

Com o início do Free Agency, realizaremos um conteúdo para mostrar aos leitores o que provavelmente Dave Gettleman irá atrás do mercado para reforçar nosso time ainda mais para próxima temporada. No post de hoje: O que precisamos reforçar no ataque?

Essa pergunta pode ser até um pouco difícil de se responder, visto que tivemos o melhor ataque da liga na última temporada, mesmo com o fato de não termos tido nosso Wide Receiver principal, Kelvin Benjamin. Porém, em especial após o Super Bowl, ficou nítido que ainda temos algumas posições que precisam ser integradas.

Se formos analisar posição por posição, veremos que não é no ataque que precisamos de reforços de grandes nomes para próxima temporada diferentemente da defesa, que com perdas como: Harper e Jared Allen tem maior nível de importância quando se fala de reforços. Ou seja, DG vai buscar no mercado, mais jogadores da defesa do que do ataque.

Vamos ao que interessa, o que devemos buscar para melhorar nosso ataque? Vamos separar por posição pra não ficar confuso.

QUARTERBACK: Se tem uma posição que não precisamos de reforços, é essa. Visto que temos o atual MVP da NFL, Cam Newton, e um dos melhores quarterbacks substitutos, Derek Anderson.

RUNNING BACK: Bom, se olharmos os números dos Panthers correndo com a bola nessa temporada o primeiro pensamento que você teria era “Não precisamos de RB”, porém não é por ai. Claro que não precisamos do Running Back mais caro da free agency porque não é primordial, porém acho viável uma contratação para que nosso jogo terrestre não gire em torno apenas do Stewart. Por mais que Gettleman tenha dito que não escolheria nenhum RB no draft, ainda fico com a impressão que ainda falta alguma peça a mais nesse grupo de corredores, e já que certamente essa peça não vem no draft resta a free agency como alternativa. Lembrando que não é uma prioridade, então não seria um jogador de peso. Alguns nomes no mercado chamam atenção e se encaixariam bem no esquema dos Panthers como:

  • James Starks: Tudo indica que ele será mandado embora de Green Bay e James mostrou ser um ótimo jogador substituindo o Eddie Lacy a sua altura quando precisou. Seu único problema são os fumbles, só na última temporada foram 5, mas é algo que pode ser corrigido. Seu contrato de calouro nos Packers foi de 3 milhões por 4 anos, agora por mostrar ser um bom Running Back ele deve custar no mercado por 1 ano 3 milhões, não é um absurdo de dinheiro e por um bom jogador.
  • Matt Asiata: Asiata vai ser aquele cara baratinho que pode contribuir com alguma coisa. Sua carreira em Minnesota ficou um pouco ofuscada sendo reserva de Peterson até hoje. Porém é um jogador que pode vir a contribuir recebendo passes em screen e ajudando nos bloqueios. Seu preço é bem em conta, se ele interessar Dave deve assinar um contrato de no mínimo 800 mil e um máximo de 900 mil, não deve passar disso.
  • Chris Polk: Pra fechar os Running Backs, Polk é um cara que também tem muito potencial e pode contribuir muito aos Panthers. Como o Asiata seu contrato não passa dos 900 mil por 1 ano.

FULLBACKS: Torcedores dos Panthers, nesse quesito peço a vocês que não pensem com a cabeça no Super Bowl e sim na sua carreira como um Panther. Quando falamos de Mike Tolbert, falamos de um gordinho gostoso que corre muito bem com a bola. É difícil encontrarmos um jogador na posição dele com tamanha versatilidade. Enfim, com contrato de Tolbert renovado, acho que foi a decisão mais correta, mesmo ele tendo feito o que fez no Super Bowl. Tolbert assinou um contrato de 2 anos por 4 milhões.

WIDE RECEIVER: Pode parecer que os Panthers estão desesperados atrás de um WR, porém, não. Com a volta de Kelvin Benjamin aos gramados nossa preocupação com alvos irá diminuir. Porém existe um parêntese nesse grupo de jogadores. Nenhum deles são especialistas na posição de slot (Posição entre a linha ofensiva e o Wide da ponta), ou seja, nenhum deles tem a agilidade para se livrar da marcação rápido e fazer rotas curtas com perfeição, um exemplo de um ótimo slot é o Julian Edelman dos Patriots. Será que os Panthers vão pegar um WR na FA? Não vejo como necessidade, porém pode ser interessante uma contratação para aprimorar esse corpo de Wide. Minha aposta é:

  • Marque Colston: Sim, antigo WR dos Saints ainda tem gás no tanque e vimos isso ano passado. Imagine um corpo de Wides: Benjamin, Funchess e Colston. Pensou? Não é animador? Aposto um contrato de 2 anos por 6 milhões.

TIGHT END: Essa é uma posição que não precisamos mesmo de reforços, pelo menos não esse ano. Greg Olsen é um dos melhores na posição e seu reserva Ed Dickson tem capacidade de substituí-lo caso precise.

GUARDS: Os Panthers tem hoje dois excelentes Guards na NFL, porém temos só eles. Visto que temos um ótimo backup Guard: Amini Silatolu (que é Free Agent e não teve seu contrato renovado) que se machuca a cada 2 jogos que faz não podemos confiar nele, e muito menos no Chris Scott que é horrível. Então, Dave Gettleman deve ir atrás de um backup Guard nesse período. Meus palpites são:

  • Ted Larsen: Ex Guard de Arizona, Larsen é um bom nome para ser backup. Seu preço no mercado não passa de 1 milhão e 500 mil por 1 ano.
  • Manuel Ramirez: Ex Broncos e Lions, ótimo jogador e melhor ainda backup. Preço no mercado, 1 milhão 600 mil.

TACKLES: Nosso roster na posição de Tackle é bem restrito, após a dispensa do OT Nate Chandler, ficamos apenas com Michael Oher, Mike Remmers e o segundo anista Daryl Williams, ou seja é certo adicionarmos mais um OT no roster nessa offseason, ou na FA ou no draft, é bem mais provável que venha no draft porém não podemos descartar a opção na FA. Na free agency vai ser um pouco mais difícil, visto que o mercado esse ano tem poucos jogadores de alto nível e os de alto nível estão longe de vir para Charlotte devido a quantidade de dinheiro que vão pedir. O que DG deve ir atrás é de um jogador sólido e em conta. Minha aposta será no OT Ryan Harris, dos Broncos. Ryan deverá assinar um contrato de 1 ano por 1 milhão.

Compartilhe

Sobre o Autor

Fã do Carolina Panthers desde 2011, João Marcelo começou a se aventurar no mundo de matérias dos Panthers em 2014 onde criou um blog exclusivo dos Panthers. Tem como ídolo Luke Kuechly e espera que ele vire o próximo Ray Lewis.

Comente