Gano é confiável?

0

Fora Gano

O jogo de abertura da temporada reviveu uma questão que vem rodeando a cabeça de alguns torcedores dos Panthers há algum tempo. A questão foi levantada pelo Portal,  que criticou a atuação de Gano nas últimas temporadas, obtendo amplo apoio da comunidade de torcedores brasileiros, mas também críticas por uma pequena parcela  que ainda apoia o contestado kicker. Por tal motivo, é de extrema conveniência rememorar a carreira do jogador e, sobretudo, seus números, pois, apenas com dados empíricos poderemos responder com precisão: Graham Gano é um kicker confiável?

Gano, após uma sólida carreira universitária, assinou com os Ravens em 2009, porém, perdeu a competição com o kicker Steven Hauschka e foi cortado, iniciando sua carreira profissional na United Football League, pelo Las Vegas Locomotives.

Ao final da temporada de 2009 assinou contrato com o Washington Redskins, que cortou seu kicker titular após um erro grotesco. Apesar de alguns bons momentos no time da capital, sua inconsistência nunca lhe tornou uma unanimidade, motivo pelo qual todo training camp eram contratados outros kickers para competição, culminando em seu corte em 2012 em favor de Billy Cundiff.

Graham Gano

Necessitando urgentemente de um kicker, Carolina assinou contrato com o jogador em Novembro de 2012, tendo jogado os seis últimos jogos daquela temporada. Em Carolina, conseguiu se firmar com excelentes jogos em 2012 e, sobretudo, na temporada de 2013 quando teve quase 89% de aproveitamento nos chutes. Com o sucesso, renovou seu contrato por 4 anos pelo valor de 12.4 milhões de dólares, tornando-se um dos kickers mais bem pagos da liga.

Com um salário tão elevado, esperava-se que mantivesse os números de um verdadeiro franchise kicker. Todavia, seu rendimento caiu, tendo obtido uma porcentagem de acerto de 82.9% na temporada de 2014, bem abaixo do demonstrado nos 22 jogos que havia disputado anteriormente pelos Panthers, e posicionado-o como apenas o 21º da liga no quesito na temporada. Ressalte-se que em 3 chutes para mais de 50 jardas no ano, Gano acertou apenas um. Quem não se lembra do seu erro  ao chutar o field goal de 46 jardas nos segundos finais da derrota para os Falcons por 19×17 em casa, que quase nos custou o título da NFC South?

Erro contra os Falcons

Em 2015, por sua vez, melhorou sensivelmente de rendimento com uma média de 83.3%, contudo, teve alguns erros importantes: O  PAT contra os Colts  que quase nos custou o jogo, apesar de sua redenção ao término da partida, e, principalmente, o field goal de 44 jardas no início do segundo tempo do Super Bowl 50 que colocaria Carolina apenas 3 pontos atrás de Denver,sendo o primeiro erro de FG em um Super Bowl desde 2010.

Sendo assim, passada a ressaca do jogo de quinta-feira devemos ressaltar que não estamos tratando do pior kicker da liga. Muito longe disso, é um player razoável com uma perna forte. Entretanto, não podemos esquecer que Gano é o 8º kicker mais bem pago e vem tendo números inconsistentes desde que assinou sua renovação, além de erros inaceitáveis como das duas últimas partidas.

Para se ter noção, o 8º kicker mais bem pago da liga tem apenas 79.7% de precisão nos chutes, sendo o 24º entre os 26 kickers que estão em atividade desde que entrou. Por outro lado, nos chutes de mais de 50 jardas Gano tem um aproveitamento de apenas 56%, tendo acertado apenas 14 de 25. Ainda podemos citar sua precisão em pontos extras que é de 97.26% na carreira, sendo apenas o 25º dentre os 26. O fato é que Gano não pode passar ileso por seus últimos erros. Um jogador que recebe como um dos melhores da liga tem a obrigação de ter a consistência de um dos melhores da liga e de não cometer erros em momentos importantes.

Por isso, esperamos que o front office esteja atento aos erros de Gano, para uma eventual movimentação na offseason. Quando erros se tornam reiterados uma mudança é, obviamente, o mais indicado. Não é atoa que trocamos Brad Nortman por Andy Lee para a temporada e, já no primeiro jogo, foi possível observarmos uma melhora significante nos punts.

Dito tudo isso, esperamos que Graham Gano melhore seu rendimento no restante da temporada, e retome a forma física e mental que demonstrou no final de 2012 e em 2013. O kicker é uma posição de extrema importância no futebol americano e pelo preço que está sendo pago, desejamos e cobramos uma atuação mais condigna. Considerando toda a dificuldade que é chegar nos playoffs ou em um Super Bowl, não vale a pena correr riscos desnecessários.

Compartilhe

Sobre o Autor

Estudante de Direito, se tornou fã dos Panthers a partir da temporada de 2011, após se impressionar com as atuações do então calouro Cam Newton, o que levou a paixão pela franquia de Carolina.

Comente