Mike Remmers preparado o SB50

0
Mike Remmers no treino dessa semana

Mike Remmers no treino dessa semana

A temporada de 2015 com certeza irá ficar marcado para sempre para o OT Mike Remmers. O undrafted offensive tackle nunca tinha se firmado em nenhum time antes de chegar nos Carolina Panthers, passou por Denver Broncos, Tampa Bay Buccaneers, San Diego Chargers, Minnesota Vikings e St. Louis Rams, todos esses times entre 2012 a 2014 e na grande maioria ficando apenas no practice squad. Chegou em Charlotte na temporada passada e jogou apenas os últimos jogos ajudando os Panthers a melhorar a linha ofensiva e chegar nos playoffs.

Chegar no Super Bowl sendo titular por méritos é algo que talvez não passava pela cabeça em 2014, por isso se torna tão especial. Mas o desafio será gigante para Remmers no jogo mais importante da franquia dos últimos anos. A responsabilidade será nada menos do que tentar parar o ímpeto de Von Miller. Um dos melhores pass rushers da liga.

Von Miller teve um ótimo jogo no AFC Championship Game contra os Patriots, anotando 2.5 sacks e 1 interceptação no Tom Brady.

“Ele tem uma variedade muito grande de movimentos para tentar chegar no quarterback, então vai ser um grande desafio.” disse Mike Remmers.

Remmers teve um início de temporada muito forte, inclusive parando JJ Watt na semana 2, mas foi caindo de produção no final da temporada regular. Felizmente, voltou a ser um jogador muito sólido nos playoffs contra Seattle e Arizona. Inclusive, no último jogo, Mike Remmers não permitiu uma pressão sequer no Cam Newton.

Enquanto se prepara para o seu maior desafio de sua carreira, Mike Remmers se diz tranquilo.

“Eu só vou tentar focar mais em mim mesmo e aprimorar a melhor técnica possível e ter certeza de estar no lugar certo todo o tempo.”

Para vencermos o jogo, Mike Remmers terá que ter outro grande jogo e parar com a maior força do time do Colorado.

Compartilhe

Sobre o Autor

Fã de Carolina Panthers desde 2011, Felipe é programador e se aventura como Running Back nas peladas tentando incorporar o espírito de Jonathan Stewart, mas o máximo que consegue é ser um Trent Richardson. Twitter: @lipevieira

Comente