Panthers contratam o Safety Kurt Coleman

0

Os Panthers assinaram hoje contrato com o safety Kurt Coleman por um contrato válido por dois anos e tem valor de 2.8 milhões de dólares. Coleman jogou a última temporada nos Kansas City Chiefs e já tinha jogado por 4 temporadas por Philadelphia Eagles. Coleman fez 3 interceptações e forçou 1 fumble na temporada passada.

“Quando se assiste a defesa de Carolina, se percebe que é uma defesa sólida. Esse é meu estilo de jogo. Me encaixo perfeitamente.” Coleman disse. “E uma das coisas que pesou na minha escolha, era se o time estava se esforçando para ser campeão. Acredito que Carolina está crescendo e crescendo e eu posso ser outra peça que possa ajudar a chegar em um próximo nível.”

Coleman disse que acredita ter a habilidade para ser o titular na defesa dos Panthers.

“Em qualquer lugar que eles me colocarem para jogar, estou disposto a cooperar, mas acredito que eu tenho trabalhado para ser titular. Eu sei que posso jogar como titular e ser muito produtivo.”

Coleman jogou 15 jogos sendo 3 como titular em Kansas City e liderou o time em interceptações. Além disso, Coleman foi muito importante no Special Team onde ficou empatado em terceiro com 7 tackles.

“Kurt é um safety versátil que pode jogar tanto com Free como Strong,” disse o Head Coach Ron Rivera. “Ele é atlético, inteligente e vai entender o sistema, pois já trabalhou com o Sean McDermott(coordenador defensivo) antes. É um jogador muito consistente e também adiciona ao Special Team. Isso é algo que nós temos conversado sobre melhorar o time de um modo geral e nós fizemos boas contratações nessa offseason.”

Coleman foi draftado na sétima rodada pelos Eagles e veio de Ohio State, na época, o Sean McDermott era o coordenador defensivo do time.

https://www.youtube.com/watch?v=KqQYrSV6wZU

 

Compartilhe

Sobre o Autor

Fã de Carolina Panthers desde 2011, Felipe é programador e se aventura como Running Back nas peladas tentando incorporar o espírito de Jonathan Stewart, mas o máximo que consegue é ser um Trent Richardson. Twitter: @lipevieira

Comente