Panthers negocia contrato com Cam Newton

0

O front office de Carolina retomou as negociações para a extensão de um longo contrato com o SuperCam, porém o quarterback não quer se apressar para fechar contrato pois ainda possui um ano. Por fontes, os representantes do Camisa 1 se reuniram com o front office no Sábado durante o Scout Combine. A ideia é que o acordo seja feito pelos representantes antes de que Russell Wilson e Andrew Luck recebam seus novos contratos por seus times, uma vez que os valores pedidos teriam como base os contratos das estrelas de Seattle e Indianapolis e provavelmente os dois quarterbacks irão receber quantidades muito altas de salários. Há boatos de que o Russell Wilson deva receber um contrato 100% garantido, isso seria inédito na NFL. Quanto a Andrew Luck, o salário pode chegar a 25 milhões de dólares por ano.

Para efeitos de comparação, quando Drew Brees fechou um contrato de 20 milhões em 2012, quatro quarterbacks receberam contratos similares em 2013 – Tony Romo, Aaron Rodgers, Matt Ryan e Joe Flacco.

Cam Newton está garantido para a temporada de 2015/2016 pela opção de 5 anos do contrato de calouro e receberá 14.7 milhões de dólares. Em 2016/17 a franchise tag poderá ser usada se uma extensão não tiver sido acordada, mas a ideia é ter um contrato mais longo, pois com a franchise tag, o valor implicaria o salary cap em apenas um ano ao invés de ser dividido entre os anos. Segundo fontes, Newton gostaria de ter um salário com mais garantias.

Dave Gettleman e Ron Rivera já afirmaram que contam com o quarterback para um novo contrato de longo prazo e que ele é o nosso franchise quarterback. Newton deseja ficar em Carolina, mas isso dependerá dos valores oferecidos para sua permanência.

Cam Newton foi o primeiro quarterback a levar o time de Carolina duas temporadas seguidas para os playoffs e acredito que possa ser o primeiro quarterback que nos trará o tão sonhado Vince Lombardi para as Carolinas.

Compartilhe

Sobre o Autor

Fã de Carolina Panthers desde 2011, Felipe é programador e se aventura como Running Back nas peladas tentando incorporar o espírito de Jonathan Stewart, mas o máximo que consegue é ser um Trent Richardson. Twitter: @lipevieira

Comente