Pós jogo – Carolina Panthers 23 @ 3 San Francisco 49ers

0

team

A tão sonhada e esperada temporada regular chegou! Os Panthers foram à Califórnia, enfrentar os 49ers do nosso conhecido Kyle Shanahan, na sua primeira partida como Head Coach em temporada regular da NFL.

Em um jogo tranquilo com momentos de tensão, os Panthers não fizeram muito esforço para bater a equipe dos 49ers. Cam Newton pareceu um pouco enferrujado no primeiro tempo da partida, errou alvos ridiculamente livres e apresentou alguns erros de leitura, por outro lado, o braço continua muito forte, obrigado! Lembrando que Cam lançou apenas dois passes durante toda a pré-temporada, e nitidamente faltou o famoso “ritmo de jogo” para o nosso QB. No segundo tempo, Cam Newton apareceu mais confiante e assertivo, foram 6 tentativas para 6 passes completados, 63 jardas e 1 touchdown, contra 8/19, 108 jardas, 1 touchdown e 1 interceptação na primeira etapa. Uma melhora, não é?

Mesmo com o ataque demorando a engrenar, não passamos sufoco do outro lado da bola. Nossa defesa foi surpreendentemente bem em todos os quesitos, apesar de ter demorado um pouco para mostrar toda a sua força. Nossa DL começou um pouco inconsistente, perdendo a batalha das trincheiras para a OL adversária, mas logo mostrou qualidade pressionando o QB e parando a corrida. Foram, no total, 5 tackles para perda de jardas, 4 sacks e 8 QB HITs.

A defesa foi ainda mais impressionante nas terceiras descidas, limitando os 49ers a conseguir sucesso em apenas 2 de 11 tentadas. Temos também que contar as quartas descidas que Kyle Shanahan arriscou, 1/4 no total, uma delas de extrema importância no final da partida, na linha de duas jardas do campo de defesa dos Panthers, que consolidou de vez nossa tranquila vitória.

MVP’s

Star Lotulelei

Vamos dar um crédito a partidaça que o menino fez ontem. Em seu último ano de contrato, essa é a hora dele mostrar seu melhor football. Star computou 0.5 sack e 0.5 tackle for loss, a sua posição normalmente não aparece nos stats e é uma das posições mais importantes da defesa. Ao analisar o tape do jogo, podemos ver dois bloqueadores em cima de Star na corrida, o que significa um bloqueador a menos para um LB ou um SS lidar no backfield.
STAR!

Na jogada acima, Star ganha de dois bloqueadores e chega no FB atrás da linha de scrimmage, evitando uma primeira descida importante.

Linebackers

Mais uma vez, vimos o melhor trio de LBs da NFL dar show. Liderados por Luke Kuechly, que teve mais uma partida de gala (quando ele não tem?), seguramos o diversificado ataque de Shanahan. Thomas Davis, que teoricamente, teria a quantidade de snaps diminuido nessa temporada, jogou TODOS os 57 snaps de defesa da partida. TODOS! Foram 57 para T.Davis e Luke, e 26 para Shaq. Ainda é pouco para Thompson e muito para Thomas Davis, mas isso deve ser ajustado durante a temporada.

TD homão

Infiltração de Thomas Davis, parando C. Hyde atrás da linha de scrimmage.

luuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuke

Vendo a jogada só dá pra falar: LUUUUUUUUUKE. Jogada perfeita!  Luke não cai no play action, sabe quem está marcando, lê os olhos de Bryan Hoyer, e usa a principal característica de seu sucesso como LB… ele sente onde o recebedor está e antecipa a jogada. Monstro!

Kurt Coleman

O líder, e agora Capitão de fato dessa secundária, Kurt Coleman, também fez uma partida de se tirar o chapéu. Tackles automáticos em situações de terceiras descidas importantes e boa cobertura aos CBs, essenciais para o sucesso da defesa dos Panthers.

Jonathan Stewart

Stewart continua sendo o running back mais subestimado da NFL. Com mais uma partida recheada de tackles quebrados e jardas após o contato, ele mostra que ainda tem gasolina no tanque, e que não se sentiu abatido com a chegada de um novo running back. Fez o seu, e muito bem feito. Stewart terminou o jogo com 18 carregadas para 65 jardas, uma média boa de 3.6 jardas por carregada. Das 65 jardas, 53 foram depois de algum contato e ele ainda forçou 5 erros de tackle.

TOUCHDOWN STEWART

Touchdown de J.Stewart em uma screen. Jogada muito peculiar e interessante, pois Stewart e McCaffrey estavam alinhados no backfield, e a jogada se desenhava para um bloqueio de Stew seguido de uma rota flat de McCaffrey. Quando CMC sai para receber o passe no flat a defesa morde que a jogada era pra ele, porém, Stewart se livra do bloqueio e parte para receber o passe em screen. Sucesso total na jogada! Mérito da chamada de Shula, que soube usar McCaffrey como distração para a defesa adversária, e também do time de ataque, que executou a jogada com eficiência.

stewwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwww

Stewart se recusa a cair. São necessários quatro jogadores de vermelho para derrubar o #28.

Menções Honrosas

  • Daryl Worley
Boa jogada do #26

Boa jogada do #26

  • Kawann Short
  • Wes Horton
Sack + fumble do Horton.

Sack + fumble do Horton.

NOT MVP’s

Cam Newton

Como já dito, Cam começou muito mal. Errou passes fáceis que normalmente não erra, e teve leituras meio bizarras. Vamos partir do ponto de que Cam operou o ombro nessa off-season e quase não lançou por muito tempo. Era óbvio que ele não teria a mesma potência e precisão de um ano normal, sem cirurgia. Mas foi questão de tempo, para voltar a ter confiança e desenferrujar o braço. No segundo tempo Newton voltou melhor e acertou todos os 6 passes que tentou. Talvez, a “falta de pré temporada” tenha impactado negativamente o início de partida do MVP da temporada de 2015.

dickson

Ed Dickson sozinho na end zone e Cam errando um passe teoricamente muito fácil.

 

Apesar de ter sido uma interceptação daquelas que o jogador fará uma vez na vida, Cam Newton errou na leitura. Kelvin Benjamin estava sendo muito bem marcado pelo CB que contava com a ajuda do S na cobertura, e mesmo assim, “Newtão” pagou pra ver e quebrou a cara. Era uma primeira descida, e Ed Dickson estava sendo marcado de longe no flat a esquerda, não era necessário arriscar tanto assim.

Special Teams

Nossa cobertura ainda é péssima. Em duas oportunidades, McCaffrey conseguiu bons retornos de punts que foram anulados por duas faltas, dois “holdings”, cometidos por Cash e Jacobs respectivamente. Parece que pioramos a cada ano.

Menções desonrosas

  • Mike Adams
  • CMC

Próxima semana enfrentaremos os Bills, em Charlotte, pela semana 2.

#KeepPounding

Compartilhe

Sobre o Autor

Fã do Carolina Panthers desde 2011, João Marcelo começou a se aventurar no mundo de matérias dos Panthers em 2014 onde criou um blog exclusivo dos Panthers. Tem como ídolo Luke Kuechly e espera que ele vire o próximo Ray Lewis.

Comente