[PÓS-JOGO] – Panthers 31 – Dolphins 30

0

Não foi bonito de ver o começo de jogo, mas novamente saímos com a vitória com uma virada digna de Cardiac Cats. No primeiro jogo após a contusão de Kelvin Benjamin, os Panthers entraram em campo querendo mostrar que KB13 poderia não ter sua ausência tão sentida, mas teve. Com um início muito ruim do time titular de ataque – com exceção da linha ofensiva, que novamente, jogou muito bem – e com uma defesa soft, o início foi preocupante.

1º Quarto

Logo no começo do jogo já tivemos mais uma notícia triste de contusão. O DE Frank Alexander rompeu o tendão de aquiles e está fora da temporada. Agora é torcer para o Kony Ealy mostrar serviço nessa temporada.

Na primeira campanha do ataque, o ataque foi forçado a chutar o punt sem conseguir nenhum first down. Logo na segunda campanha dos Dolphins, eles caminharam 49 jardas para inaugurar o marcador e colocar 7-0 no marcador.

Na segunda campanha dos Panthers, nada mudou. 3 jogadas e nada feito. Destaque negativo para o J. Stewart que dropou um screen e Corey Brown que teve um drop que teria sido um ganho grande de jardas.

2º Quarto

Em uma campanha que transitou do primeiro para o segundo quarto, os Dolphins terminaram com mais um touchdown, passe do Tannehill para o Damien Williams em uma slant para 11 jardas. Apesar dos dois touchdowns, o rookie LB Shaq Thompson mostrou porque foi uma escolha de primeira rodada e jogou muito bem, tanto na cobertura de passes – curtos e longos – e corrida também.

Depois do TD, o ataque titular continuou em campo e na primeira jogada, Cam Newton lança uma interceptação em um passe tentado para o TE Greg Olsen. O caos estava desenhado. Faltava poucas jardas para o TD e parecia que os Dolphins abririam a vantagem para 21-0. Não foi o que aconteceu. Em uma jogada rara, o RB Damien Williams se esticou para alcançar o pylon e os árbitros marcaram bola na linha de 1 jarda. Joe Philbin, HC dos Dolphins desafiou crente de que seria um touchdown. Não foi. O jogador perdeu o controle da bola ao tentar encostar no pylon, a bola ficou solta e saiu pela endzone, quando isso acontece é um touchback. O que seria um touchdown para os Dolphins, acabou se tornando posse de bola para os Panthers na linha de 20 jardas. Era o que precisávamos.

Com uma campanha de 79 jardas, os Panthers bateram na porta da Endzone, faltava apenas 1 jarda para diminuir o marcador e depois de duas tentativas com Tolbert, uma com Cameron Artis-Payne e outra que com um play action de Newton que não achou nenhum alvo livre e tentou entrar usando as pernas, também sem sucesso. O placar zerado insistia em continuar. Destaque positivo da campanha foi o Cameron Artis-Payne que conseguiu uma bela corrida de 29 jardas.

Já com o time reserva, a defesa começou a trabalhar bem e parou os Dolphins dando apenas 2 first downs em 3 campanhas com direito a uma interceptação do Teddy Williams.

Sem Newton e com Derek Anderson, o ataque produziu mais e ainda conseguiu mais 3 FGs deixando o jogo 14-9. FG’s de 46, 48 e 52 jardas. Bom sinal para o Gano.

3º Quarto

Com mais um TD dos Dolphins logo na primeira campanha do segundo tempo, o placar marcava 21-9. Até que Joe Webb entrou para mudar a história do jogo de novo. Em uma bela campanha em boas jogadas de Boykin, Todman, Mike Brown e Wegher, finalmente entramos na endzone com uma corrida do novato undrafted Brandon Wegher. Segundo TD dele nessa pré-temporada. Extra point foi bom. 21-16.

4º Quarto

Os Dolphins conseguiram uma jogada de grande ganho com passe nas costas do CB Byndom e prepararam o terreno para um FG deixando o placar em 24-16 e apenas com uma posse de bola de diferença.

Com uma campanha trágica da defesa dos Dolphins que fizeram 3 faltas resultando em 40 jardas de grátis para os Panthers, Joe Webb não desperdiçou e achou Damiere Byrd na  endzone para encostar no placar. Na tentativa de conversão de 2 pontos, Joe Webb correu para a endzone e deixou tudo igual. 24-24.

Os golfinhos voltaram para o ataque e na sua primeira jogada foram interceptados em uma linda leitura e execução do DT Terry Redden que fez a interceptação com uma mão e correu para a linha de 3 jardas, deixando na porta da endzone. Brandon Wegher não desperdiçou a chance e correu para o TD. Terceiro TD do novato em 2 jogos. Extra point foi bom. 31-24 Panthers.

Faltando pouco mais de 2 minutos, os Dolphins ainda conseguiram achar um touchdown em uma falha do S Marcus Ball, mas não conseguiram a conversão de dois pontos. Depois disso, foi preciso apenas conquistar mais alguns first downs para sacramentar a segunda vitória da pré-temporada. Panthers WIN!

Sem dúvida vencer é sempre importante, mas foi um jogo preocupante pois enquanto estavam os titulares, os Dolphins estavam muito melhor na partida. Próximo jogo dos Panthers é contra os Patriots na sexta-feira às 20:30. Veja os highlights da partida.

Destaques positivos

  • Brandon Wegher
  • Shaq Thompson
  • Joe Webb
  • Jarrett Boykin
  • Teddy Williams
  • Terry Redden
  • Jordan Todman
  • Linha ofensiva
  • Graham Gano

Destaques negativos

  • Cam Newton
  • Corey Brown
  • Jonathan Stewart
  • Paul Browning
  • Marcus Ball

Não jogaram

  • Devin Funchess
  • Charles Johnson
  • Kawann Short
  • Dwan Edwards
  • Kelvin Benjamin
  • Charles Tillman
  • Colin Jones
  • Nate Chandler
  • Amini Silatolu
  • Star Lotulelei
  • Lou Young
  • Davonte Wallace

 

Compartilhe

Sobre o Autor

Fã de Carolina Panthers desde 2011, Felipe é programador e se aventura como Running Back nas peladas tentando incorporar o espírito de Jonathan Stewart, mas o máximo que consegue é ser um Trent Richardson. Twitter: @lipevieira

Comente