Pós jogo – Panthers @ Jaguars

0

Na partida que marcou a estreia de Curtis Samuel e o retorno de Cam Newton, os Panthers foram à Florida visitar os Jaguars, e voltaram pra Charlotte com a segunda vitória dessa pré-temporada.

Logo no primeiro drive, mostramos que ainda mandamos no jogo terrestre. Com a OL, por sua maioria, jogando o fino, Stewart e McCaffrey tiveram bons momentos correndo com a bola logo no inicio. Cam, que só participou do primeiro drive, não precisou fazer muito esforço, e terminou a partida com 2 passes tentados, 2 acertos, 21 jardas e 1 TD. O suficiente para uma partida chuvosa de pré-temporada.

Liderando o segundo time de ataque, Derek Anderson teve uma noite para esquecer (de novo), e não conseguiu muita coisa. Cameron Artis-Payne jogou bem mais uma vez e está vencendo o duelo individual com Fozzy, que vem perdendo snaps semana pós semana.

Na defesa, Worley foi queimado algumas vezes e não fez uma boa partida, assim como a linha defensiva reserva, que mostrou grande dificuldade contra o jogo terrestre, repetindo o péssimo desempenho da semana passada.

MVP’s

Kelvin Benjamin

Para muitos o MVP da pré-temporada dos Panthers é #13 Kelvin Benjamin. O WR está mostrando que voltou bem para essa temporada, se apresentando mais rápido, mais forte e mais MAGRO. Na última partida anotou 4 recepções (em 4 passes na direção dele) para 36 jardas e 1 touchdown. TOUCHDOWN KELVIN BENJAMIN

Na imagem acima vemos KB, em uma bela execução de rota, com #19 Russel Shepard confundindo a marcação e ajudando na criação de espaço para o touchdown. Esperamos ver mais jogadas desse tipo nessa temporada, Benjamin em slants facilitando o trabalho de Cam Newton.

Nos vídeos abaixo, Benji usa uma de suas melhores armas no jogo, o corpo, para ganhar espaço e conseguir uma recepção limpa:

KB FIRST DOWN!

Benjamin again!

Cameron Artis-Payne

O possível terceiro e último running back a fazer o roster, Cameron Artis-Payne (CAP), mais uma vez teve uma boa performance. CAP anotou 9 carregadas para 37 jardas e 2 touchdowns, consagrando a vitória dos Panthers na quinta-feira e ratificando sua boa fase. Jogou bem o bastante para tirar snaps de Fozzy, que teve apenas 1 corrida durante a partida.

Acima podemos ver os dois touchdowns de CAP na partida, com destaque para o segundo, onde ele quebra alguns tackles antes de alcançar a endzone. Essa partida pode ter carimbado seu lugar no roster. No momento, vemos o corpo de RBs dos Panthers sendo formado por  Stew, CMC e CAP. A 4ª e última partida da pré-temporada, será também a última chance para Fozzy convencer a Comissão Técnica de que merece fazer o roster. A mesma partida, porém, pode confirmar a superioridade de Cameron Artis-Payne, que estará presente e não pretende ficar de fora da temporada regular. Briga de posição interessantíssima para ficar de olho na noite de Quinta-Feira!

Zack Sanchez

Finalmente uma boa partida de Zack Sanchez nessa pré temporada. Zack passou sufoco nas duas últimas partidas, principalmente contra os Texans de Deshaun Watson, e vinha perdendo espaço no roster devido a surpreendente ascensão de Cole Luke. O desempenho no jogo contra os Jags pode ter colocado seu nome de volta no radar. Zack terminou com uma interceptação e um passe desviado em cima de Blake Bortles.

Mario Addison

SUPER MARIO simplesmente apavorou Cam Robinson, LT caloruro dos Jaguars. Usou e abusou da falta de experiência do promissor OT, produto de Alabama. Addison não jogou muito tempo, no entanto, vimos o suficiente para ficar mais ansiosos para o início da temporada regular. Vale lembrar que Mario Addison renovou seu contrato com os Panthers, e com isso, a expectativa de uma boa performance aumentam bastante.

No lance abaixo, sack de Mario Addison, ganhando de Cam Robinson no braço.

MARIO SACK

OLHA O QUE ELE FEZ! Confira a seguir o “Spin Move” sensacional de Addison, forçando Chad Henne a passar a bola apressadamente, resultando em um overthrow do QB dos Jags. Chega a dar pena de Robinson.

SPIN DO ADDISON

 

David Mayo

Pela terceira vez em três jogos, ele entra na lista dos MVPs. Mayo fez mais uma partida de gente grande no corpo de LBs dos Panthers. O jogador lidera a NFL em tackles nessa pré temporada, com 24 anotados. Inclusive, foi o líder da partida em tackles, com 8 no total, e comandou o time quando fazia trio com Jeremy Cash e Jarred Norris.

Mayo literalmente destrói o Guard que vem no Pull. Se ele não faz o que fez, o estrago do RB seria gigantesco. Ótima leitura e execução de movimento! Acompanhe no vídeo a baixo:

 

Menções honrosas:

  • Christian McCaffrey
  • Mose Frazier
"OLÉ"

“OLÉ”

  • Jonathan Stewart
  • Bryan Cox Jr
Sack, Bryan Cox JR

Sack do undrafted rookie Bryan Cox JR

Not MVP

Daryl Worley

Worley jogou mal pela segunda semana consecutiva. Na semana passada não ficou tão evidente como no jogo dessa última quinta-feira, onde o CB foi tostado duas vezes num mesmo drive, sendo que em uma dessas jogadas, o WR dropou a bola que poderia ter marcado ainda mais a péssima partido do camisa 26. É de se preocupar, já que não temos depth para CB outside. Daryl Worley precisa colocar sua cabeça no lugar, e recuperar o bom football que mostrou na reta final da temporada passada.

worley batido, salvo pelo drop

Worley salvo pelo drop

Derek Anderson

Mais uma partida desastrosa!  D. Anderson foi totalmente impreciso nos passes, tomou decisões erradas, e não leu bem o campo e seus alvos. O QB já tinha entrado para essa lista semana passada com grande mérito, e seu nome deveria estar grifado três vezes na lista de hoje. Seu desempenho foi tão ruim, que já no primeiro drive do segundo tempo não estava mais jogando. Garrett Gilbert entrou em seu lugar para os dois últimos quartos e conseguiu ser mais consistente e coeso.

Anderson não tem muita calma para fazer a leitura completa do campo, e por isso tem lançado a bola já em sua primeira leitura, como pode ser visto na imagem abaixo. Byrd foi sua primeira leitura e estava bem marcado, havia inclusive a cobertura do LB e mesmo assim Anderson arriscou. Se o camisa 3  “scaneasse” o campo, iria ver que  #19 Russel Shepard estava sozinho no flat, à sua esquerda.

A seguir, mais uma jogada executada de maneira precoce. Ed Dickson desenvolve a rota acompanhado passo a passo pelo marcador, e Anderson solta a bola para o TE mesmo tendo a janela fechada. Não fez a leitura completa, insistiu em Ed Dickson e foi interceptado. Note #43 Fozzy Whittaker livre de marcação pelo meio, era só tem um pouco mais de calma e fazer o checkdown para Fozzy ganhar algumas jardas.

interceptação anderson

 

Special Teams

2017 e ainda sofremos com inconsistência no special teams. Tivemos a proeza de tomar 50 jardas em um fake punt! Sim, sem exagero algum. Algo precisa ser feito, além do que, nossa cobertura de punt, tanto chutando quanto recebendo, ainda é feia e custa caro de vez em quando.

Menções honrosas:

  • Matt Kalil
  • Dezmen Southward
Compartilhe

Sobre o Autor

Fã do Carolina Panthers desde 2011, João Marcelo começou a se aventurar no mundo de matérias dos Panthers em 2014 onde criou um blog exclusivo dos Panthers. Tem como ídolo Luke Kuechly e espera que ele vire o próximo Ray Lewis.

Comente