Rivera descarta poupar Kuechly para o restante da temporada

0
Crédito: Bob Donnan-USA TODAY Sports

Crédito: Bob Donnan-USA TODAY Sports

Após a humilhante derrota para o Seattle Seahawks, por 40 a 7, o Panthers conseguiu uma surpreendente e inútil vitória por 28 a 16 contra o San Diego Chargers, indo a 5-8 na NFC South. A maior surpresa foi o grande desempenho defensivo na partida: 5 sacks (deixando os Panthers em primeiro no ranking da NFL, com 39.0), 3 interceptações e dois fumbles. O mais intrigante, é que a grande atuação da defesa, veio justamente na ausência de Luke Kuechly, nosso principal jogador no setor defensivo.

Fora da equipe pela terceira semana consecutiva, após sofrer uma concussão no jogo contra o Saints, muitos pedem que Ron Rivera poupe Kuechly para a próxima temporada, visto que nossas chances de playoffs são quase nulas. Mas não é isso que pensa nosso head coach, que após a vitória sobre o Chargers, disse em coletiva que ainda não pensa em poupar o linebacker.

“Eu vou junto com o que os médicos vão dizer, essa é a verdade da questão. Cada vez que ele vê que está confortável o suficiente para permitir-lhe dar o próximo passo. O que foi dito e o que foi decidido, eu não poderia dizer-lhes”, disse Rivera em coletiva após o jogo deste domingo.

A próxima partida dos Panthers é contra o Washington Redskins (era um dos jogos mais esperados antes do início da temporada), fora de casa. A participação de Luke na partida será decidida ainda esta semana. Sabemos que se depender da vontade do jogador, ele estará presente. A.J Klein tem feito a função de linebacker pelo centro e exaltou a liderança de Kuechly dentro e fora dos gramados.

“Isso é que o Luke é. Ele está sempre trabalhando para ajudar os outros caras. Se ele não está jogando, é isso que ele está fazendo. Se ele está jogando, ele está fazendo isso no campo. Então, nada em sua mentalidade mudou”, disse o camisa 56 do Panthers, que fez um sack e forçou um fumble contra San Diego.

Compartilhe

Sobre o Autor

Virou torcedor do Panthers após ver uma atuação espetacular de Cam Newton contra New England em 2013. A cada temporada me apaixono mais por essa franquia e espero um dia, vê-la campeã do Super Bowl.

Comente