Steve Wilks falando sobre a defesa

0

 Carolina Panthers 2016 Football Headshots

Descanso para Davis, mais snaps para Shaq:

Nas duas temporadas depois que os Panthers draftaram o LB Shaq Thompson, ele jogou menos que 50% dos snaps defensivos, isso porque Davis se recusava a diminuir seus snaps por conta da idade. Mas agora, está na hora do novo coordenador defensivo dos Panthers descobrir uma solução.

“Com Thomas Davis chegando a uma idade avançada, nós temos que diminuir um pouco seus snaps,” disse Wilks em entrevista segunda. “Então, vão haver momentos em que Shaq vai estar no jogo e Thomas Davis descansando.”

Davis fez 34 anos em março, temo como média 107.8 tackles e 940.6 snaps nas cinco temporadas depois que voltou do seu terceiro rompimento de ligamento. Ano passado, depois de se recuperar de uma contusão na coxa no começo da temporada, ele estava presente em TODOS os snaps defensivos nos 11 jogos finais dos Panthers, tendo como um recorde de 1,009 snaps.

Thompson, por outro lado, viu seus snaps crescerem de 2015 para 2016. Foram 365 como calouro e 534 como segundanista. Porém, ainda é pouco para um jogador com seu talento.

“Thomas é um jogador para o time, e ele entende a longa temporada os sacrifícios do seu corpo ao longo de sua carreira. Isso é um benefício para ele.” Steve Willks.

Volta de Vernon Butler:

Um pouco igual a situação de Shaq, o agora segundanista, Butler ficou atrás nos snaps em relação aos titulares (KK, Star) e ainda contou com uma contusão que o tirou por cinco jogos.

Com uma contusão no tornozelo, Butler terminou a temporada com 13 tackles, 1.5 sacks em 225 snaps – um snap a mais que outro DT, Kyle Love.

Nesse período de offseason, Wilks vem elogiando muito os jogadores e ainda nem entramos nas participações em campo. Só academia e coisas do tipo. Wilks está muito ansioso com a nova temporada de Butler.

“Se você for lá no treino, e observá-lo, ele está orgulhoso. Estou muito impressionado com que ele vem fazendo.” Wilks disse.

Continuidade na posição de Cornerback:

A reconstrução da secundária é iminente e as conversas sobre isso ocorrem desde maio do ano passado. Porém, nada que seja novo para Wilks, que refez a secundária dos Panthers desde 2012 – desde quando chegou aos Panthers para ser treinador de secundária.

starters

Ou seja, se James Bradberry e Daryl Worley estiverem como titulares na semana 1, é a primeira vez – desde que Steve Wilks treina secundária nos Panthers – que uma dupla de CBs se repete em dois anos seguidos. E agora, após uma sólida temporada de calouro dos dois, parece ser uma segurança.

“É visível o desenvolvimento e a maturidade deles de como eles eram e como estão agora,” disse Wilks.

Não é simples, claro. Enquanto Wilks acredita que Bradberry e Worley têm as ferramentas físicas necessárias para continuar evoluindo, a maior dificuldade nos próximos meses é mental.

“Em alguns momentos no ano passado, eles estavam hesitantes. É visível nos tapes, eles vêem as coisas mas não estão reagindo tão rápido,” Wilks disse, “eu acho que vocês vão vê-los mais rápidos porque agora eles já entendem melhor as coisas e logo, processam mais rápido.”

Captain Munnerlyn  

Steve Wilks não garantiu que Brad e Worley serão os cornerbacks titulares. Todos os corners do roster terão chances de jogar em outside, incluindo o corner titular no slot.

“Uma das coisas que eu falei com Munnerlyn quando estávamos o contratando: ‘Sim, você vai vir para jogar de nickel, porém eu quero que você compita pelo outside também.” Disse Wilks.

“Nos primeiros dias que estávamos aqui no treinamento, ele chegou até a mim e disse: ‘Treinador, você não estava brincando.’ Eu disse, ‘Não, estou sendo sincero. Quero que compita também no outside.”

Última linha da defesa:

Com o corte de Tre Boston, ficou claro que não temos depth nessa posição. Os titulares serão os veteranos Kurt Coleman – agora jogando onde prefere, como FS- e Mike Adams, recém contratado dos Colts como SS.

Além dos dois, temos no depth os seguintes jogadores:  Colin Jones, Dean Marlowe, L.J. McCray, Travell Dixon, Dezmen Southward e Brian Blechen.

Preocupante né? Mas Steve Wilks não está muito preocupado.

“Alguns jogadores vão precisar competir e apresentarem um bom jogo, eles precisam se preparar e estarem prontos para quando necessário.”

Compartilhe

Sobre o Autor

Fã do Carolina Panthers desde 2011, João Marcelo começou a se aventurar no mundo de matérias dos Panthers em 2014 onde criou um blog exclusivo dos Panthers. Tem como ídolo Luke Kuechly e espera que ele vire o próximo Ray Lewis.

Comente