Torcedor pede namorada em casamento em jogo dos Panthers após superar ano difícil

1

WBTV 3 News, Weather, Sports, and Traffic for Charlotte, NC

propose-panthers-game

Danielle e Jonah, agora noivos.

Esse é um daqueles pedidos que fazem com que seus olhos vazem quando você assiste.

Domingo à tarde, ali mesmo no meio de um estádio lotado de torcedores gritando, Jonah Bamel ficou de joelhos e pediu a sua namorada, Danielle Pardue em casamento.

Bem, ele não chegou a dizer as palavras, ele apenas olhou para ela e sorriu. Danielle só notou a água em seu sapato que Jonah chutou quando estava se ajoelhando.

“Eu nem mesmo acho que disse que sim, eu apenas balancei a cabeça vigorosamente”, disse Danielle.

O pedido é, certamente, algo a se lembrar, mas quando você conhece a história por trás do casal, você só vai considerar o seu recente noivado ainda mais doce.

No início de 2015, Danielle estava com tudo pronto para se mudar para Nova York para estar com seu namorado quando a vida atrapalhou seus planos. A mãe de Danielle foi diagnosticada com câncer.

“Em março deste ano, foi diagnosticado como uma forma muito rara de câncer de pulmão chamado carcinoma de células fusiformes e já no estágio 4, quando foi encontrado”, disse Danielle.

Jonah ofereceu nada além de apoio quando ela lhe contou que os planos para começar sua vida juntos teriam de esperar. Ela passou o último ano como uma defensora para sua mãe.

“Eu a conheço há muito tempo e eu sabia que ela era a pessoa certa para mim e que isso era algo que ela precisava ver  e eu precisava estar lá para isso”, disse Jonas. “E eu precisava estar lá para ela.”

Danielle cresceu em jogos dos Panthers. Seus pais tinham licença para assentos pessoais e a família ia a quase todos os jogos em casa.

Domingo, no último jogo da temporada dos Panthers, Jonah sabia era o momento certo.

Ele se inscreveu para ter o nome de Danielle colocar no ticker vídeo no estádio. “Quer se casar comigo?” apareceu no final do primeiro quarto, seguido de um estrondoso aplauso.

Danielle terminou dizendo sim.

“2015 tinha o nosso número e atirou-nos para um loop – e eu estou agarrando 2016 pelas rédeas e eu estou fazendo alguma coisa fora desse loop”, disse Jonas.

A mãe de Danielle está recebendo um novo tratamento para o câncer de pulmão e está indo bem.

Ela provavelmente está indo ainda melhor agora, sabendo a que tipo de homem sua filha disse “sim”.

Direitos de autor 2015 WBTV. Todos os direitos reservados.

 

Texto traduzido. Texto originalmente publicado no site wbtv.com.

Compartilhe

Sobre o Autor

Torcedor fanático dos Panthers e estudante de Análises Clínicas nas horas vagas, se apaixonou pelo time após assistir as fantásticas exibições de Cam Newton e Luke Kuechly. WR de pelada, sonha em ser como Steve Smith, mas dropa mais que Ted Ginn.

1 Comentário

Comente