Whittaker e outros 3 renovam contrato

0

Whittaker

 

Com a divulgação do retorno de Ted Ginn Jr., outra ótima notícia para a Panther Nation passou despercebida: Fozzy Whittaker e outros 3 Exclusive Right Free Agents renovaram seus contratos com a franquia. Para quem desconhece, Exclusive Rights Free Agents são os jogadores sem contrato que estão na liga a menos de 3 anos. Nessa modalidade, a franquia é obrigada a oferecer um contrato para o jogador, que deve aceitar. Caso o front office não ofereça o contrato, o jogador fica livre para assinar com outras franquias.

Dessa forma, já era esperado o retorno de Fozzy Whittaker, após ótimas contribuições no ataque na temporada. Apesar dos números modestos como corredor (145 jardas em 32 carregadas e 1 touchdown), Whittaker foi um reserva confiável, contribuiu com o jogo aéreo e apareceu muito bem quando acionado. Foi responsável por um dos TDs mais importantes e memoráveis da temporada: um screen pass de 40 jardas para garantir a primeira vitória nos playoffs desde 2005 contra o Arizona Cardinals. Além do mais, também retornou kick offs. É um jogador esperamos maior envolvimento no ataque no ano que vem, principalmente se a perda de DeAngelo Williams não for reposta. Seu contrato de 2 anos foi o maior dentre os ER Free Agents.

Os outros 3 jogadores que renovaram por 1 ano pela manhã foram:  o wide receiver Brenton Bersin, o offensive lineman Brian Folkerts e o linebacker Ben Jacobs. Brenton Bersin, famoso por ser nativo de Charlotte, foi um alvo pouco acionado por Cam Newton durante a temporada, mas não se saiu mal como recebedor, demonstrando ter mãos confiáveis ( 13 passes para 151 jardas e 1 TD). Seu problema foi quando conquistou a titularidade na posição de retornador de punts, onde foi terrível e deixou péssimas impressões para torcedor. Jogador que irá disputar uma posição no roster no training camp. Brian Folkerts foi um jogador de rotação na linha offensiva que contribuiu em todos os jogos de 2014, um jogador importante para depth. Ben Jacobs foi um ótimo jogador de Special Teams em 2014, obtendo 9 tackles e sendo fator importante em um setor que foi um dos piores da liga em 2014.

 

 

Compartilhe

Sobre o Autor

Estudante de Direito, se tornou fã dos Panthers a partir da temporada de 2011, após se impressionar com as atuações do então calouro Cam Newton, o que levou a paixão pela franquia de Carolina.

Comente